EM EVOLUÇÃO
Por Marcelo Gonçalves em Arquibancada Verde

Palmeiras estreia em 2018 com 100% de aproveitamento e, como de se esperar, vem produzindo, na prática, o que se espera.

 

Salve Família! 

Muito mais do que analisar o time, devemos saudar a volta dos jogos. Como é bom te amar Palmeiras, como foi bom matar esta saudade louca. Ainda que sabendo que estes jogos ainda não deveriam existir e que se estivéssemos num lugar mais decente, os times fariam ao menos uma pré temporada por todo mês de janeiro. Mas é ano de Copa do Mundo e com isso o nosso calendário que não é nenhum modelo ao mundo, apertou ainda mais. 

Com isso, jogos com calores saarianos, times voltando das férias sem o menor preparo, tendo que ir a campo ainda que seja por um estadual que um dia teve sua importância, não agregue mais nada aos times, mas que as derrotas conseguem produzir efeitos catastróficos a carreiras de treinadores e jogadores. Não precisa vencer mas também não pode perder, este é o lema dos estaduais. 

O Palmeiras, apesar do numeroso e qualificado elenco, não está fazendo rodízio. Tem entrado com o que tem em campo de melhor, muito mais guiado pelos fatores físicos, de quem está mais inteiro para este inicio de ano. Dracena e Moisés, por exemplo, ainda seguem com preparação especial para a dura temporada. 

Um passo a frente dos rivais, porque Roger terá pouco tempo para esboçar o time que considera ideal antes das competições. Vai dando rodagem para buscar a “liga” necessária para que o time se encontre, diferentemente do ano passado, onde passamos pelos 12 meses esperando um time. 

Com a escalação repetida, o Palmeiras enfrentou o Botafogo em seus domínios. Propos a partida com inteligência, dosando as pernas e as emoções. Sabia que poderia vencer e optou então por esperar a vitória vir de maneira natural. Mas como dizia Garrincha: “faltou combinar com os suecos”. O Botafogo ainda no primeiro tempo inverteu esta lógica, adotou uma postura mais agressiva e inverteu a partida. O Palmeiras passou a ser caçado ao invés de ser o caçador. Seguramos a pressão por boa parte da porção metade da etapa inicial e começo do segundo tempo. Com o time do interior cansando, o Palmeiras começou a se reerguer na partida novamente. Roger começou a mexer novamente com propriedade e o gol veio. Borja! Ele merecia este prêmio por tudo que lutou nas duas primeiras partidas. 

O 1 a 0 deu ao Palmeiras os contra ataques e em Dudu o cara que poderia ter liquidado o jogo. E a partir daí o que se viu foi um festival de chances desperdiçadas pelo Verde e os burburinhos de sempre nas redes sociais pra cima de nosso Camisa 7 e capitão. 

Críticas injustas, aliás como qualquer elogio também soaria premeditado. 

O melhor de tudo é que estamos com a alma leve, o time leve e em paz. Estes 100% de aproveitamento farão diferença na hora “h”, me cobrem! 

Saudações Palestinas e excelente semana a cada um de vocês.

 

A crônica de hoje é dedicada ao nosso amigo e patrimônio Pet. Que Deus o receba!!!!

 

O Famiglia Palestra TV está no Twitter, Facebook, Instagram, Youtube. Não deixe de acompanhar o programa Ao Vivo, toda terça feira, 21h, no www.alltv.com.br. Lá, temos opiniões, cornetadas, notícias de bastidores do clube e tudo que você precisa saber do nosso alviverde inteiro.

 
EM EVOLUÇÃO

* Esse texto é de responsabilidade do colunista e não reflete necessariamente a opinião da equipe.
 
 
COMENTAR:
 
Nome:
 
Mensagem:
 
 
 
Comentários:
 
 
FIQUE LIGADO, TWITTER!
 
@famigliapalestr

#sejaavantiinterior informações https://t.co/XdCXS1slFx (@ Allianz Parque for Phil Collins in São Paulo, SP w/… https://t.co/QRbPU5VWyc

24/02/2018


@tarsogouveia

RT @tarsogouveia: Palmeirense é como sempre digo, "xarope" de tão fanático. De pegar o ingresso do jogo contra o São Caetano no Avanti onte…

24/02/2018


@ThiagoFavaSEP

RT @ThiagoFavaSEP: O amor é VERDE, BRANCA é a razão. Eu plantei PALMEIRAS no coração. Chegou a hora, é o bem frente ao mal. Os dignos fre…

24/02/2018


 
PUBLICIDADE
 
 
Todos Direitos Reservados © All Rights Reserved
Programa Esportivo Famiglia Palestra TV
Desenvolvimento: Márcio Moradei